Davokar acordará… 1


De longínquas terras suecas vêm mais um lançamento de peso para o mercado nacional… Symbaroum!

Publicado em 2014, na Suécia, pela Järnringen, criadora de sucessos como Coriolis Mutant: Undergangens Arvtagare (Mutant: Herdeiros da Destruição, em uma tradução literal, que é a edição anterior ao Mutant: Ano Zero), este jogo de fantasia te leva à uma floresta ancestral, Davokar, que traz em sua história um passado sombrio e um coração mais sombrio ainda. É uma floresta que não deve ser perturbada e que os guardas usam de violência contra todos que tentem perturbar a paz acordada há gerações por seus regentes. Este trato não era ameaçado há séculos. Não por uma ameaça real. Até agora.

Há duas décadas, a jovem Rainha Korinthia liderou seu povo desesperado para o norte, longe de uma terra natal devastada pela guerra e por magia negra. Depois de pacificar e expulsar os bárbarios que viviam na região, ela começou a construir sua capital nas ruínas de Yndaros, uma antiga e próspera cidade-estado abandonada dois séculos atrás. A rainha ergueu Prios ao status de deus único e declarou que seu reino renascia, batizando-o de Ambria, “o iluminado.”

Pouco depois de sua chegada, os Ambrianos começaram suas primeiras incursões na vasta floresta de Davokar, caçando recursos naturais e procurando por tesouros em suas ruínas. Os bárbaros vivendo nas redondezas da floresta aconselharam contra tais empreendimentos, pois lá se encontravam guardiões de mira extremamente hábil, bestas implacáveis e trolls. Com persistência e convicção eles também avisaram que nada mais que uma fina camada de raízes e solo protegia o povo da região contra um mal milenar que ali descansava — abominações e criaturas profanas que outrora destruíram Symbaroun, a antiga civilização dos povos bárbaros.

Mas a Rainha Korinthia não deu ouvidos e agora o mal se revira em seu sono. O coração sombrio de Davokar está prestes à acordar…

Rainha Korinthia

Saiba mais na página do jogo:

symbaroum_web